Importância da Leitura e Dicas de Livros para Crianças

29/03/2017

boy-921807_1920

O hábito da leitura é algo que nasce dentro do lar. Com o tempo será estimulado dentro da escola e assim, será levado para o restante da vida. A melhor idade para enraizar e florescer o hábito da leitura é na infância. A literatura infantil estimula a imaginação, trabalha as emoções, oferece cultura, desenvolve a criatividade, a fala e a escrita, ou seja, ela possui uma variedade de benefícios para as crianças. Não há uma idade indicada para fomentar a literatura na vida dos pequenos, o quanto antes isso acontecer melhor será, e mais rápido a criança desenvolverá apreço pelas histórias.

Tirar alguns minutos pela manhã ou, mais frequentemente, durante à noite, antes de dormir, e oferecer uma boa história para as crianças é muito mais que um ato de carinho e companheirismo, a atitude constrói uma ponte entre a criança e o seu desenvolvimento através da literatura, além de fortificar os vínculos com o seu narrador.

Para estreitar os laços, permita que a criança tenha sempre algum livro ao alcance, incentive-a a pegá-lo e folhear as páginas. Dar exemplo também é importante. Mostre aos seus filhos que você é um leitor, eles adoram compartilhar dos gostos de seus pais. Frequente livrarias e bibliotecas, deixe-os à vontade para percorrer as estantes abarrotadas de livros. Comece contando histórias simples para as crianças pré-alfabetizadas, ofereça livros com muitas ilustrações e pouco texto, coloridos, dobráveis, com sons, existe uma vasta gama de obras lúdicas excelentes para as crianças de baixa idade. Já para as crianças maiores, contar histórias também funciona, porém, introduza-as ao alfabetismo, permita que elas explorem as palavras e ensine-as o que puder. Se elas já leem, ótimo, agora o papel de mediador é deixado para trás e assume-se outro papel, o de fomentador. Todas essas dicas funcionam e servem, além de tudo, para criar laços entre os pais, os filhos e a literatura. A leitura deve ser estimulada sempre. Ela é a porta de entrada para o alfabetizado e o mundo da escrita.

Dos primeiros meses até 1 ano

Independentemente da história, busque livros coloridos, com texturas, que estimulem e agucem a audição, o tato e a visão dos bebês. É importante criar um vínculo entre a criança e o livro.

De 1 a 3 anos

Contos de fadas e fábulas já podem ser introduzidos na rotina de leitura. As ilustrações continuam importantes, porém o texto, a história em si, começa a ganhar mais destaque a partir dessa idade, embora os livros mais indicados sejam aqueles com muitas ilustrações e o texto normalmente mais espaçado. Parlendas e poesias de fácil compreensão também são indicadas.

De 3 a 6 anos

A partir dos três anos comece a buscar livros com menos ilustrações e com mais textos. Com essa idade as crianças começam a tomar notas e aprender sobre vocabulário, a compreender melhor a linguagem e a história contada. Uma boa dica é conversar sobre as leituras com a criança, ajudando-a a interpretar os eventos e tirar suas próprias conclusões.

kids-1550017_1920

De 6 a 9 anos

A criança já está familiarizada com a leitura e é hora de dar o próximo passo. Volte às fábulas, desta vez, escolhendo histórias melhor elaboradas. Aventuras, fantasia, ficção científica, os gêneros são muitos para serem apresentados, com histórias entre o bem e o mal, com personagens bem definidos e lições valorosas para a vida. Incentive-a a ler obras um pouco mais complexas e trabalhadas.

De 9 aos 12 anos

Nessa idade as crianças conseguem ler histórias melhor estruturadas e complexas, cheias de mistérios e descobertas. Incentive-a a variar o gênero, apresente-a aos contos, crônicas, aos grandes poetas, e até mesmo a alguns livros clássicos. O gosto pela leitura já terá o seu espaço no coração do pré-adolescente, então deixe-o explorar.

O que ler?

Caso o orçamento esteja apertado demais para incluir alguns livros por mês, pegue emprestado, faça visitas a bibliotecas municipais ou busque preços mais baixos em sebos. Não existe desculpa para não ler para o seu filho, trata-se de uma questão de comprometimento e dedicação, hoje em dia é possível encontrar até mesmo histórias online em plataformas de escritores.
Sanado o primeiro empecilho, chegamos ao segundo: como escolher um livro adequado? O que ler com a minha filha? Esse ou aquele livro é mesmo bom?

Pensando em ajudar os pais na hora de selecionar o que ler com as crianças, a Pepila elaborou uma lista com alguns títulos interessantes destinados a várias faixas etárias. Confira abaixo, encontre as obras e tenha ótimos momentos com os filhos durante a leitura.

2 anos: Bem-te-vi, Lalau (Companhia das Letrinhas)
3 anos: Chapéuzinho Amarelo, Chico Buarque e ilustrado por Ziraldo (José Olympo editora)
4 anos: Flicts, Ziraldo (Melhoramentos)
5 anos: A Princesa que Escolhia, Ana Maria Machado (Nova Fronteira)
6 anos: A Fantástica Fábrica de Chocolate, Roald Dahl (Martins Fontes)
7 anos: O Menino Maluquinho, Ziraldo (Melhoramentos)
8 anos: Ponte Para Terabítia, Katherine Paterson (Salamandra)
9 anos: O Bom Gigante Amigo, Roald Dahl (Editora 34)
10 anos: Os Meninos da Rua Paulo, Ferenc Molnár (Cosac Naify)
11 anos: Doze Reis e a Moça No Labirinto do Vento, Marina Colasanti (Global)
12 anos: A Invenção de Hugo Cabret, Brian Selznick (Edições SM)
13 anos: Frankenstein, Mary Shelley (várias editoras)
14 anos: Capitães de areia, Jorge Amado (Companhia de Bolso)
15 anos: Iracema, José de Alencar (várias editoras)

Deixe sua resposta

Curta nossa página!