Hora de arrumar a bagunça | Peça a ajuda das crianças!

23/11/2016

É normal que toda criança diga que tem o seu próprio método de arrumação da bagunça que ela mesma faz. Algumas, ainda, alegam que se acham muito mais fácil no meio da bagunça do que quando essa está arrumada. Só que, muitas pessoas – e muitos pais – não compreendem essa questão e acabam ditando o que deve ou não ser feito dentro de casa. Alguns, também, exigem que os filhos façam tarefas incompatíveis com as suas idades. E, pensando nisso, resolvemos escrever um artigo sobre como inserir as crianças na hora de arrumar uma baguncinha – que nem sempre é apenas delas.

Pepila Moda Infantil

Não é raro encontrar cenas como toalha molhada no chão (ou em cima da cama!), lições da escola jogadas pelo quarto, roupas socadas dentro do guarda-roupa e brinquedos espalhados pelo chão. Muitos pais tem pavor dessas coisas e, alguns deles, acabam arrumando tudo por si só – o que é um erro gravíssimo! Segundo a psicoterapeuta e consultora educacional Marcella Moran, as crianças não são bagunceiras porque são preguiçosas, mas sim porque elas precisam aprender a serem organizadas, já que a parte do cérebro responsável pelo planejamento e organização ainda está em desenvolvimento. Muitas vezes a desorganização dos pertences externos de alguém se deve ao fato de estar relacionado diretamente à desorganização da mente desse alguém.

Então, diante de tudo isso, como ensinar os filhos a serem organizados desde pequenos? Para saber a resposta disso, continue a leitura e confira os itens descritos abaixo.

Seja o exemplo

A premissa de “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” não cola mais já faz muito tempo. Muitos pais já entenderam como funciona o esquema dentro de casa, mas outros ainda não. Não entendeu? O que nós estamos querendo dizer é que o seu filho tomará como exemplo os seus próprios pais. Portanto, se você não for nem um pouco organizado, ele também não será. E mais, ele não irá entender o motivo de você exigir tanto dele, se você também não pratica aquela ação. Então, mamães e papais, sejam o exemplo ideal para os seus filhos: organizar e limpar o que sujou já é um bom começo para que o pequeno assimile o que se deve ou não fazer em determinados casos.

Estipule uma rotina

Normalmente, quando a criança ainda é recém-nascida, os pais estipulam uma rotina à ela, ou seja, ela sempre tem a hora de dormir, de mamar e de comer. A nossa dica é que você não perca esse costume da rotina, pois crianças – e também adultos – precisam dela para que o dia seja organizado. O segredo está, porém, em não determinar um padrão muito rígido, pois isso acaba inibindo a criança de fazer muita coisa por medo das consequências que poderão lhe acometer. Cada criança pode e deve criar o seu próprio método – muitas vezes ele é tão particular que só funciona com ela. Caso você veja que aquilo não está funcionando com o seu filho, converse com ele e proponha um novo.

Ensine que toda atividade tem o seu valor

Pepila Moda Infantil

Ensinar a criança desde cedo sobre o valor do tempo é algo fundamental. Isso acontece porque, muitas vezes, elas não conseguem compreender que fazer a lição da escola é tão importante quanto jogar vídeo game – até porque a segunda opção é muito mais divertida. Porém, muitos pais acabam superlotando os filhos de afazeres, sem deixar uma janela sequer para a criança ser realmente o que ela é: criança. E criança precisa brincar, extrapolar e, por vezes, bagunçar (por que não?). Mostrando a ela que tudo tem um horário e que ela também poderá fazer o que ela gosta se fizer o que é necessário, será muito mais fácil de convencê-la a seguir esse padrão.

Envolva a criança na organização

Mostre ao seu filho que tudo o que é tirado de seu lugar de origem, precisa voltar para o lugar de onde veio. Caso ele ainda seja muito pequeno para entender a importância de organizar o que foi bagunçado, sugira um jogo diferente: o de arrumar. Transforme a arrumação em diversão e mostre a ele que isso também pode ser divertido. Um exemplo é você segurar uma sacola e pedir para que o seu filho junte o maior número de brinquedos em um curto período de tempo. Você vai ver como ele irá adorar.

Delegue tarefas

Desde pequenas as crianças já podem ajudar dentro de casa. Porém, para que isso tenha um início adequado, é preciso que você delegue as tarefas a ela e, ainda mais, a ensine como que se faz. Educadores, psicólogos e pediatras afirmam que mesmo com pouca idade a criança já possui coordenação motora suficiente para fazer algumas coisas. E a prática disso é super importante, pois além dela participar da dinâmica familiar, também se sente pertencente àquele lugar.

Veja abaixo quais atividades cada faixa etária pode desempenhar:

2 a 4 anos

Nessa idade, a criança pode ajudar a guardar os brinquedos que usa dentro de um baú, colocar a roupa suja dentro de um cesto e levar o seu pratinho de comida sujo para a pia.

5 a 7 anos

A criança pode ajudar a arrumar a sua mochila da escola e lancheira, pegar o uniforme dentro do armário e também guardar a mochila quando chegar da aula. Além disso, nessa fase, regar as plantas torna-se uma brincadeira divertidíssima.

Acima de 8 anos

Como já compreende um pouquinho melhor a rotina da casa, crianças dessa faixa etária podem auxiliar na hora de descarregar ou guardar as compras feitas no supermercado, colocar a mesa do almoço e/ou jantar, arrumar a própria cama e colocar o lixo para fora.

Pré-adolescentes e adolescentes

Pessoas nessa idade já não são mais crianças e sabem muito bem que precisam ajudar um pouquinho mais em casa. Portanto, delegar a elas atividades como varrer o chão da casa, lavar a louça suja ou ir à padaria para comprar o pão do lanche da tarde é essencial.

Pepila Moda Infantil

Gostou dessas dicas? Deixe o seu comentário aqui embaixo e conte pra gente se você tem alguma outra que aplica dentro de casa!

Referências:

Deixe sua resposta

Curta nossa página!