Dicas de atividades para fugir da rotina do dia a dia

08/05/2017

pepilarotina

Cair na rotina é ruim para todo mundo, incluindo as crianças. Viver uma rotina sem quaisquer meios de distração ou bons hábitos, é um perigo a saúde física e ao psicológico. Enfrentar os dias realizando tarefas repetitivas, mecânicas e exaustivas também atrapalham o rendimento. A maioria dos adultos sofre com isso, principalmente no âmbito profissional, como sabemos. Mas, e as crianças? Também são afetadas por uma rotina desregulada? A resposta é sim.

A rotina não deve ser excluída, isso é uma questão totalmente diferente. Não devemos pregar contra a rotina. Aliás, ela é saudável para uma melhor estruturação psíquica, física e emocional da criança. Traços como saber os horários das refeições, horário do banho e estudos, a hora de brincar, são exemplos de como a rotina é importante para a vida da criança. Rotinas assim ajudam as crianças a estarem preparadas, o que é de grande valia, uma vez sabendo que os pequenos possuem dificuldades em enfrentar situações inesperadas.

Uma rotina desregulada pode afetar o desempenho escolar das crianças e formar adultos com problemas comportamentais. Portanto, a maneira como os pais interagem e trabalham essa rotina e incluem bons hábitos nela, principalmente na primeira infância, são aspectos determinantes ao comportamento dos pequenos.

Os pais devem ser responsáveis e oferecer segurança aos filhos, caso contrário, será difícil enfrentar os problemas comportamentais futuramente. Os pais devem influenciar os filhos e incluírem bons hábitos na rotina das crianças.

O que são hábitos? São práticas repetidas que se tornam conhecimento ou experiência. Uma vez, trabalhando a rotina com bons hábitos, ela não será exaustiva. Não transforme em um hábito, ficar sentado no sofá assistindo TV e cobrando as lições de casa dos filhos, é possível utilizar o tempo livre de maneira melhor.

baby-1842293_1920

Dicas de atividades para o dia a dia (ou como fugir da rotina)

1. A TV não é um inimigo, mas precisa-se filtrar bem o que assistir. Escolha um dia na semana para ter um cinema em casa, sempre com filmes novos e muita pipoca. Incentive discussão sobre o mesmo, filmes ajudam a educar também.

2. Transforme a cozinha em um palco para aventuras. Permita que as crianças se aproximem do ato de cozinhar. Sem dúvidas é uma atividade de grande interesse dos pequenos e também pode ser divertida para toda a família.

3. Brinquedos são bons aliados. Tirar algum tempo para esparrar os brinquedos pela casa e trabalhar a imaginação das crianças é prazeroso e benéfico. Sem contar vasta gama de brinquedos educativos e até mesmo os videogames que podem ser encontrados nas lojas. Use ao tudo em prol de uma melhor educação e uma rotina mais sadia.

4. Ensine ou aprenda alguma forma de arte com as crianças. Nem sempre os pais podem ensinar a cantar, pintar, dançar e etc., no entanto, é possível aprenderem muitas coisas juntos. Existem diversos tutoriais na internet e livros nas bibliotecas que ensinam o básico de variados tipos de artes.

5. Noite da leitura. O Pepila já ressaltou a importância da leitura, no entanto, é válido reforçar. O hábito da leitura é um dos maiores presentes que os pais podem dar aos seus filhos. Ler é algo que as crianças levarão para o resto de suas vidas e farão toda a diferença em diversos momentos importantes. Leia com as crianças. Leia para as crianças.

6. Caça ao tesouro. Se a intenção for presentear a criança, uma opção mais divertida que simplesmente entregar o mimo é elaborar uma caça ao tesouro. Faça mapas, deixe pistas, troque pistas por desafios. Brincar é vital para qualquer criança, mesmo se não houver qualquer presente envolvido, a brincadeira ainda é boa. Estimule!

7. Brinque de escolinha. Caso a criança esteja com dificuldades na escola é uma forma de ajuda-la, ou mesmo que seja apenas para transmitir mais conhecimento, não importa. Todo aprendizado é bem-vindo.

8. Trabalhe o conhecimento cultural. Planeje noites destinadas a estudos ou conhecimento da nossa e de outras culturas. Prepare atividades, como pintura, leitura, filmes e pratos típicos. Permita que a criança se envolva e coloque a mão na massa.

family-1671088_1920

Pais presentes são presentes

Incluir-se na rotina do filho através de atividades diárias é uma forma de quebra-la e construir hábitos saudáveis. Cumplicidade, confiança e segurança são trabalhadas dessa maneira. Doar um pouco de tempo e atenção a qualquer pessoa é um ato bondoso e gentil. Mais importante que presentear as crianças com brinquedos ou itens da moda é doar o seu tempo para elas. Os filhos necessitam da presença dos pais e de seus bons exemplos, principalmente para uma rotina sólida e aprazível, além de bons hábitos.

Embora a tecnologia diminua qualquer distância, jamais pense que ela pode substituir o contato físico. Um abraço, um afago ou um beijo apresentam benefícios físicos e mentais para as crianças. Faça o possível para ter esse contato diariamente. Quanto mais os pais estão envolvidos na vida e na rotina de seus filhos, de uma forma produtiva e positiva, eles ajudam a construir a autoestima e oferecem grande sensação de segurança às crianças.

As dicas aqui apresentadas servem exatamente para estreitar esse contato, diminuir qualquer distância e construir uma boa relação entre os pais e seus filhos. Estar presente, doar um pouco de tempo, como já dito, é uma dádiva ao outro. A rotina pode afastar, distanciar, na maioria das horas do dia, ainda assim, deve-se realizar grande esforço para que não interfira no relacionamento paterno e materno. Praticar atividades durante as poucas horas semanais livres, em feriados ou nos finais de semana, são formas de quebrar as barreiras impostas por qualquer rotina habitual.

A rotina é algo necessário a todos, porém, ela não precisa obrigatoriamente se tornar um monstro. Precisa cumprir a sua função, com saldos positivos, sem apresentar pontos negativos aos envolvidos. Nenhuma rotina deve zerar qualquer contato ou presença entre pais e filhos.

Deixe sua resposta

Curta nossa página!